top of page

5G no Brasil: a evolução dos dispositivos

José Felipe Ruppenthal



O 5G despertou grandes expectativas tanto para consumidores quanto para empresas, porém, sua plena popularização é necessária para que ele cumpra todo o seu potencial e traga os benefícios prometidos.


Nessa jornada, enfrentamos diversos desafios, como investimentos em infraestrutura, questões legislativas, segurança e, é claro, a disponibilidade de dispositivos 5G para que pessoas e empresas possam usufruir plenamente dos benefícios dessa tecnologia.


De acordo com o relatório mais atualizado da GSA (Global mobile Suppliers Association), já existem 1.650 modelos diferentes de smartphones com suporte a 5G disponíveis para venda em todo o mundo, embora nem todos esses modelos cheguem ao Brasil.


No cenário brasileiro, o país já conta com 137 dispositivos de 15 fabricantes diferentes que foram homologados e certificados pela ANATEL, conforme informações apresentadas no painel da agência reguladora no dia de hoje.


É importante notar que o número de homologações vem crescendo rapidamente. Nos últimos 12 meses, o total de dispositivos liberados aumentou quase 121%, passando de 62 em agosto de 2022 para 137 em agosto de 2023.


Esses dispositivos estão distribuídos da seguinte forma entre os fabricantes:


Samsung 39

Motorola 27

Xiaomi 22

Apple 13

Asustek 12

Realme 7

TCL 3

Infinix 2

Nokia 2

Zebra 2

Hytera 1

Lenovo 1

Multilaser 1

Positivo 1

Tecno 1

Koobee 1

Honeywell 1

OPPO 1


Dentre esses, 113 modelos suportam tanto o 5G SA quanto o 5G NSA, enquanto 24 modelos suportam apenas o 5G NSA.


O preço dos dispositivos 5G tem sido um tema sensível atualmente, mas a evolução do ecossistema de dispositivos 5G disponíveis no Brasil e no mundo mostra que estamos caminhando na direção certa para aproveitar todo o potencial dessa tecnologia.


Agora, é fundamental permitir que o mercado absorva essas ofertas e que os benefícios do 5G sejam acessíveis a todos.


Com o contínuo avanço e crescimento desse cenário, estamos pavimentando o caminho para uma experiência cada vez mais ampla e aprimorada com o 5G no Brasil.





1 visualização0 comentário

Comments


bottom of page