"A gente está encarando como se fosse o último jogo da nossa vida", afirma Diogo Sodré

Neste final de semana o Caxias dá início à sua caminhada na fase de mata-mata da Série D. O duelo contra o Oeste coloca o vencedor nas oitavas de final, a quatro jogos do sonhado acesso à Série C. Diogo Sodré, meia, é um dos remanescentes da equipe desde o início do Gauchão e avaliou a evolução da equipe neste ano.

"A gente evoluiu bastante taticamente. Todo treinador que passou por aqui tem a sua porcentagem em questão de evolução. (...) O Thiago propôs um estilo de jogo em que a gente evoluiu bastante. Mas eu acho que nesta parte final vai fazer diferença a concentração e a humildade. É outro campeonato. A gente está encarando como se fosse o último jogo da nossa vida, como se fosse a última oportunidade, que a gente não pode perder, deixar passar desta vez", disse em entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira (21).

O primeiro jogo será na Arena Barueri, no interior paulista, neste domingo (24), às 16h. Desta forma, a partida decisiva ocorre no estádio Centenário, no sábado (30). Decidir a vaga junto com o torcedor, na visão do atleta, é um fator importante.

"Creio que a torcida empurra muito a gente, incentiva bastante. Isso é muito importante. A gente tem este fator de ter uma boa campanha dentro de casa. A confiança ajuda o grupo. Só que cada jogo é uma história, vai ser um jogo difícil contra o Oeste. A gente tem que buscar a vitória, vamos fazer de tudo para buscar um resultado positivo para, na volta, a gente estar tranquilo aqui no Centenário", concluiu.

Foto: Vitor Soccol/S.E.R. Caxias

16 visualizações0 comentário