top of page

Acabou o “Oceano Azul” na Banda Larga Fixa no Brasil?


José Felipe Ruppenthal




O mercado se consolida em 2023 e aponta para novos desafios a fim de atingirmos 50 milhões de acessos até o final de 2024.


Após um período de crescimento exponencial durante a pandemia, a banda larga fixa brasileira volta a crescer no mesmo patamar pré-pandemia.


Mas, o que isso significa para o futuro do mercado?


Será que o "BooM" chegou ao fim ou estamos diante de uma nova fase, marcada por maior competitividade e necessidade de inovação?


Esse post faz parte de uma série de publicações falando sobre o mercado brasileiro de banda larga fixa:


◼ Publicação 1 - 08/02/2024 - Competitividade na Banda Larga Fixa no Brasil: Após uma década, o mercado deixou de "descentralizar" o Market share: https://lnkd.in/ei_GRubT


◼ Publicação 2 - 14/02/2024 - Essa que você está lendo


◼ Publicação 3 - 22/02/2024 - Em publicação


◼ Publicação 4 – 30/02/2024 - Em publicação



➡ E como foi o crescimento da banda larga fixa em 2023?


◼ A banda larga fixa no Brasil cresceu 4,1% em 2023, adicionando 1,88 milhões de acessos, um crescimento percentual e absoluto no nível pré-pandemia.


◼ Considerando ajustes na base da ANATEL, pesquisa interna e não oficial, o crescimento real de 2023 pode ter chegado a 2,6 milhões de acessos, um aumento de 5,9%.



➡ Fatores que contribuíram para o crescimento:


◼ Resquício da Pandemia: ainda temos o final da demanda por internet devido ao trabalho remoto, ensino a distância e entretenimento.


◼ Aceleração na migração de tecnologia (Rádio/Coaxial/Metálico para Fibra)


◼ Investimentos em infraestrutura: expansão da cobertura de fibra óptica, aceleração da banda larga via satélite e 5G.



➡ Perspectivas para 2024:


◼ Estimativa de crescimento de 4,9%.


◼ Desafios para o mercado e competitividade acirrada: 5 operadoras concentram 50% do market share, 09 concentram 60% e 28 concentram 70%.


◼ Saturação do mercado: alta penetração de domicílios.


◼ Necessidade de diferenciação e inovação para atrair e fidelizar clientes.



💡 A perspectiva é de um crescimento anual de 2,5 milhões de acessos nos próximos três anos.


Em um mercado cada vez mais competitivo e saturado, as operadoras que se adaptarem às novas tendências e inovações serão as que prosperarão no futuro.


A busca por diferenciação e a oferta de serviços inovadores serão fundamentais para atrair e fidelizar clientes, aquele oceano azul não existe mais.



O que você achou disso tudo? Comente!




98 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page