top of page

Acesso à internet via rede Fixa e Móvel no Brasil & Índia

José Felipe Ruppenthal


O mercado indiano de telecomunicações se destaca como um gigante em ascensão, ostentando 924,17 milhões de acessos de banda larga (fixa e móvel), enquanto o Brasil soma 286,44 milhões. 


Essa comparação revela pontos importantes e que demonstram a maturidade e os desafios distintos de cada nação:


Acesso à Banda Larga:


  • Total de Acessos:


Índia: 924,17 milhões

Brasil: 286,44 milhões


  • Banda Larga Fixa:


Índia: 40,6 bilhões

Brasil: 49,15 milhões


  • Banda Larga Móvel:


Índia: 884,11 milhões

Brasil: 237,29 milhões


Destaques:


  • Airtel, segunda maior operadora móvel da Índia, possui mais assinantes que todas as operadoras brasileiras juntas, alcançando 265,50 milhões de usuários. A Jio, líder do mercado indiano, conta com 469,73 milhões de assinantes.

  • A Índia possui 1.158 operadoras, enquanto o Brasil tem mais de 8.300. Em ambos os casos, estamos considerando as operadoras que enviaram oficialmente dados para às agências regulatórias.


  • Apesar da base de banda larga fixa da Índia ser similar à do Brasil, o alcance do serviço é inferior, com apenas 2,8 assinantes para cada 100 habitantes. Esse é um dos principais desafios do país, que busca levar infraestrutura e conectividade para toda a população. O Brasil, por sua vez, apresenta uma densidade quase 10 vezes maior.


Reflexões:


Índia: Um mercado com quase 1 bilhão de acessos de banda larga, mas que ainda não atende 70% da população. Um gigante em crescimento com grande potencial de expansão.


Brasil: Um mercado maduro, com alta competitividade e complexidade, que já superou grandes desafios, mas ainda busca alcançar patamares mais elevados de acesso e qualidade.

3 visualizações0 comentário

Commenti


bottom of page