Após derrota, Luan Carlos pede paciência para adaptações táticas do Caxias

Na noite da última quarta-feira (27), o Caxias perdeu sua primeira partida pela Série D do Campeonato Brasileiro. O resultado de 1 a 0 para o Azuriz foi construído com um gol de cabeça de JP no segundo tempo. Após o jogo, Luan Carlos, treinador grená, concedeu entrevista e explicou a alteração em relação ao último sábado, a entrada de Marlon para a saída de Diego Mathias.

"A ideia inicial era ganhar mais o meio-campo, tê-lo mais consolidado nas bolas aéreas especialmente. Marlon jogaria ali como um segundo homem, entrando como referência na área. Trabalhamos essa situação para fazer com que ele empurre os zagueiros para trás. A nossa ideia era que o adversário fosse induzido por dentro para que a gente buscasse os corredores. Infelizmente não saiu o gol, mas dentro do que foi proposto, acredito que os jogadores conseguiram fazer de forma muito interessante", comentou.

O treinador também ponderou sobre o gol sofrido. Na visão do treinador, foi em um dos poucos ataques que os paranaenses tiveram.

"Nas poucas chegadas que eles tiveram, eles fizeram o gol, que acabou deixando a gente em uma situação ruim para desenvolver a estratégia que a gente tinha para o decorrer do segundo tempo. Infelizmente em uma bobagem nossa a gente acabou sofrendo. A gente está tentando adaptar nossos atletas a um novo estilo de marcar, uma marcação por zona, um pouco mais alta, um time que tenha mais coragem para ocupar o campo adversário. E isso é um processo que a gente vai ter que ter paciência" concluiu.

A entrevista pode conferida integralmente aqui.
Foto: Vitor Soccol/S.E.R. Caxias
22 visualizações0 comentário