De aluno à colega de equipe: atleta se emociona ao falar das conquistas



Professor de LIBRAS, educador físico e atleta. Marçal joga na seleção brasileira de handebol. Com seu exemplo e motivação, descobriu um jovem talento: Danilo, hoje seu colega de equipe. Conheça a história de Marçal e Danilo, professor e aluno, juntos na 24ª Surdolimpíadas.


“Eu ensinava para ouvintes, mas eu não ensinava surdos. Eu tinha dois alunos surdos e eles se interessaram em participar, porque eu já participava da seleção. Um deles tinha treze anos e outro quatorze. Meu objetivo é incentivar o surdo a participar da seleção brasileira. Hoje, estão competindo comigo. Antes eu era professor e eles eram alunos. Agora, somos atletas juntos", conta Marçal, atleta da seleção masculina de handebol do Brasil.

A cada dia, se tem a prova de que não há barreiras para o esporte. "Essa experiência mudou muito a minha vida. A primeira vez, eu desisti. A segunda vez, eu desisti de novo, porque fazia muita diferença quando eu errava. Todo mundo me olhando. Tudo era comigo. Eu estava no centro e eu pensava que isso não era para mim. Nessa curiosidade, como eu posso ser profissional, continuei, porque acredito e confio em mim mesmo, hoje”, conta Danilo.


Veja na reportagem de Melissa Bueno:



1 visualização0 comentário