Em mais uma jornada heroica, Caxias passa nos pênaltis e alcança mata-mata do acesso

Foi, de novo, com muita emoção. Depois de empatar em 1 a 1 no interior do Espírito Santo, o Caxias ficou no 0 a 0, contra o Real Noroeste, diante de um Centenário com mais de dez mil pessoas e decidiu nos pênaltis a vaga para às quartas de final da Série D.

O jogo começou com o Caxias em cima, criando oportunidades e sufocando o adversário. O ímpeto grená transformou o goleiro Weide no melhor em campo, grandes defesas nos dois tempos. O Real Noroeste pouco produziu, ao longo de toda a partida, o grená teve o controle e maior posse bola, alternando momentos de maior e menor intensidade.

A etapa complementar foi mais pegada, de força física e muitas faltas. Já no terço final de tempo, o Real Noroeste teve o zagueiro Erik expulso, o defensor recebeu cartão vermelho direto após falta duríssima em Bustamante. Já nos acréscimos, Thiago Sales chegou a abrir o placar, mas o assistente marcou impedimento e o destino da partida estava mesmo para os pênaltis.

Nas penalidade, o aproveitamento do Caxias foi irretocável. Thiago Sales, Marcelo e Giovane Gomez converteram com muita categoria. Por outro lado, o Real Noroeste não teve a mesma competência. O primeiro pênalti foi para fora, o segundo, consagrou mais uma vez o goleiro André Lucas, que voou para defender, e o tento decisivo acabou mais uma vez na linha de fundo, carimbando a vaga grená para às quartas de final. O próximo adversário será conhecido neste domingo.

foto: Luis Erbes / SER Caxias

91 visualizações0 comentário