Em noite de pouca inspiração, Juventude perde para o Inter e adia retomada das vitórias

O Juventude sofreu mais um duro revés no Campeonato Brasileiro. Na noite desta segunda-feira (29) perdeu por 4 a 0 para o Internacional, em Porto Alegre. Com a derrota, o Verdão permanece com 17 pontos, na última colocação. No próximo sábado recebe o Avaí, às 16h30, no Estádio Alfredo Jaconi.

O time da casa começou a assustar cedo, aos cinco minutos, em boa triangulação Alemão recebe e chuta para fora. O Juventude buscou responder com Pitta, só que a finalização terminou na linha de fundo. Aos 16, Bustos subiu pelo lado direito e tocou para Wanderson, na entrada da área, o atacante bateu para boa defesa de Pegorari. Maurício também experimentou e, mais uma vez, a bola foi para fora. A pressão colorada surtiu efeito aos 37, De Pena cobrou escanteio na primeira trave e Johnny se antecipa para abrir o placar.

Depois de sofrer o gol, o Ju tentou responder imediatamente, Felipe Pires recebeu bola rolada de Moraes e chutou para defesa de Daniel, que catou firme. Nos acréscimos, Paulo Miranda derrubou Alemão dentro da área, pênalti. Carlos De Pena cobrou e Pegorari fez excelente defesa, só que o rebote caiu nos pés de Wanderson, que não perdoou e fez 2 a 0.

Umberto Louzer voltou do intervalo com o mesmo time, na tentativa de buscar o empate, mas logo aos dois minutos, Wanderson cruzou na medida para Johnny marcar o seu segundo gol, o terceiro da partida. O quarto quase saiu, mas Pegorari levou a melhor no duelo com Alemão. O goleiro alviverde, aliás, que foi determinante para evitar um placar mais elástico, com boas defesas aos 31 e 37 minutos.

Revelações da base do Juventude, o volante Pará e o meia Rafinha foram testados, porém, mesmo tentando, as chances insistiram em não aparecer para o lado verde. Já depois dos 45 minutos da etapa final, Nogueira tocou em Edenílson dentro da área e o VAR assinalou outra penalidade máxima. Edenílson mesmo bateu e fez 4 a 0, placar final da partida.

foto: Fernando Alves / EC Juventude

23 visualizações0 comentário