Escola voltada para comunidade surda atende alunos da Serra Gaúcha

Atualizado: 25 de abr.


Foto: reprodução
Fundada no dia 22 de agosto de 1960, a Escola Helen Keller atende 38 alunos, entre a educação infantil e do primeiro ao nono ano. Para a coordenadora da escola, Natasha Perazzolo, a realização das Surdolimpíadas em Caxias do Sul aumenta a visibilidade da escola.

"Antigamente trabalhava se a proposta moralista, depois a comunicação total e agora, então bilinguismo libras. Esse é um momento muito importante e valorização da escola de surdos, inclusive para os alunos, porque esse é o lugar certo para os alunos estarem, porque é onde eles utilizam a Libras, a língua de sinais. É um momento de muita visibilidade em função da Surdolimpíadas, que vai acontecer aqui na cidade de Caxias do Sul, porque é a primeira vez na América e uma cidade tão pequena como Caxias.

E acontecendo com tantas cidades no Brasil aqui, então a gente tem a Festa da Uva, vários eventos importantes e isso é muito significativo e com certeza tem uma influência positiva na escola".

A escola é a única de Caxias do Sul e região que atende a comunidade surda.

Vale ressaltar que no dia 24 de abril, se celebra Dia Nacional da Educação Para Surdos, que tem como objetivo rememorar as lutas e celebrar as conquistas da comunidade surda com a integração de práticas inclusivas no ensino regular.

Confira a entrevista feita pelo repórter Douglas Mondadori, no vídeo abaixo:





21 visualizações0 comentário