ICSD pede paz antes da 24ª Surdolimpíadas no Brasil

O Comitê Internacional de Esportes para Surdos (ICSD) está entre as federações internacionais que vão seguir as recomendações estabelecidas pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) e Comitê Paralímpico Internacional (IPC) em resposta ao envolvimento da Rússia e da Bielorrússia (esses países não poderão participar de competições esportivas) na invasão da Ucrânia


Em 05 de março de 2022, uma reunião foi realizada pelo Conselho Executivo do ICSD para discutir o conflito que ocorre na Ucrânia, enquanto as forças russas continuam a atacar cidades ucranianas com a Bielorrússia ajudando na invasão. O Conselho Executivo do ICSD descreveu o esporte como um instrumento para a missão de "promover a paz por meio do esporte", aderindo às recomendações do COI. O ICSD desejou expressar sua solidariedade à comunidade esportiva surda na Ucrânia e a todas as pessoas afetadas pela guerra.


Nesta situação, o Conselho Executivo do ICSD decidiu que nenhum atleta surdo ou oficial pertencente aos membros plenos do ICSD na Rússia e na Bielorrússia será, com efeito imediato, convidado ou autorizado a participar de competições internacionais no calendário do ICSD até novo aviso.


A anunciada exclusão das equipes da Rússia e da Bielorrússia traz impactos econômicos consideráveis ​​para a organização das Surdolimpíadas de Verão de Caxias 2021. A Comissão Organizadora decidiu cancelar o programa de Boliche, devido aos requisitos técnicos estabelecidos, requer um investimento muito elevado e do qual nada ficará para trás. Além disso, a equipe econômica do Comitê Organizador dos Surdosolímpicos de Verão de 2021 está trabalhando na redução de outras linhas de despesas que não interfiram na qualidade e entrega de outros esportes e infraestrutura.


Gustavo Perazzolo, presidente do ICSD, disse: "Estamos muito preocupados com nossa Federação Nacional de Esportes Surdos da Ucrânia e com os atletas surdos da Ucrânia. O mundo deve ser um lugar para compartilhar, não para dividir".

Gustavo Perazzolo, presidente da ICSD

26 visualizações0 comentário