Juventude não consegue superar o Cuiabá e acaba derrotado fora de casa

O Juventude entrou em campo neste sábado, 13, às 20h30min, contra o Cuiabá, na Arena Pantanal, pela rodada 22 do Brasileirão. O técnico Umberto Louzer modificou taticamente a equipe buscando uma melhor estratégia para vencer o adversário. O Juventude criou, trabalhou, mas não conseguiu superar o Cuiabá. Com gol de André Felipe, o dourado venceu o verdão por 1 a 0.
O JOGO

Foi o Juventude quem teve a primeira oportunidade de abrir o placar. Aos 13min, em um contra-ataque de velocidade pela esquerda, a inversão da jogada nos pés de Jadson, que coloca para Felipe Pires que chega de trás e chuta. A bola vai alta e passa por cima do gol do Cuiabá. Depois, aos 14min, Pitta tenta de fora da área e a bola fica nas mãos do goleiro Walter.

Foram os donos da casa que abriram o placar, aos 21min. Valdivia dominou pela esquerda, inverteu a jogada e colocou na cabeça de Daniel Guedes, e no meio da pequena área, quase entrando ao gol, André Felipe entra e de primeira, empurra a bola para dentro, fazendo o gol do Cuiabá. Aos 25min, o Cuiabá teve mais uma chance pela direita, mas o goleiro Pegorari faz a defesa.

O Juventude ainda tentou pela esquerda, com Jadson, em uma bola enfiada para Bruno Nazário, aos 33min. Nazário dominou e colocou a bola dentro da pequena área, e foi derrubado por Joaquin Henrique. O VAR chamou, o árbitro analisou, mas não marcou o pênalti. Nos lances finais ambas as equipes tiveram chances. O Cuiabá, em uma falta, próxima da grande área que foi para fora e, o Juventude em uma jogada trabalhada com Pitta, Bruno Nazário e Moraes, que tenta o chute pela esquerda, mas a bola vai para fora.

Na segunda etapa, técnico Umberto Louzer muda. Abre a mão dos três zagueiros e coloca Capixava no lugar de Thalisson e Elton no lugar de Yuri. O Juventude tomou um susto logo aos 44 segundos. Gava dá um chute de fora de área e o goleiro Pegorari brilhou ao fazer a defesa. Uma bola alta, forte do lado direito de Pegorari que defendeu com uma mão, evitando o segundo gol do Cuiabá.
Com menos de 12 minutos, Umberto Louzer faz mais uma troca, colocando Ricardo Bueno no lugar de Pitta. Cuiabá também muda, com a entrada de Camilo no lugar de Alan Empereur. Na segunda etapa de partida, o Juventude teve mais posse de bola, trabalhou, foi para cima e chegou com algumas oportunidades na área do Cuiabá, mas sem perigo.

O Técnico António Oliveira, colocou Deyverson na segunda etapa, e aos 30min ele tentou uma bola fechada pela direita, com a defesa de Pegorari. O Cuiabá ainda teve um chute cruzado de Pirani, que passou raspando a trave do gol do Juventude. O verdão ainda tentou com bola aérea, mas sem uma finalização perigosa. O dourado quase amplia, aos 40min, com Deyverson, que ficou cara a cara com o Pegorari, sozinho, e colocou para fora.

O Juventude ainda fez mais trocas, colando peças ofensivas para tentar buscar o empate. Vitor Gabriel e Victor Leque no lugar de Jadson e Moraes Jr. O verdão buscava nas bolas alçadas a chance de empatar, mas sem sucesso. Nos últimos minutos de partida Vitor Leque foi expulso por receber dois cartões amarelos em faltas em cima de Deyverson. Final de partida na Arena Pantanal com a vitória do Cuiabá por 1 a zero.

O Juventude, agora, enfrenta o Botafogo, no Jaconi, no domingo, 21, às 11h. Para esta partida o técnico Umberto Louzer não poderá contar com os volantes Yuri e Jadson, que receberam o terceiro cartão amarelo, e Victor Leque, expulso no jogo de hoje.


Foto : Gil Gomes / Agência Alberich Press

19 visualizações0 comentário