Lucas Zanella aponta falta de poder de reação para justificar derrota para o Santos

A boa atuação no empate contra o Corinthians não conseguiu ser repetida, nessa segunda-feira (10). O Juventude foi derrotado por 4 a 1 para o Santos, na Vila Belmiro, e amargou mais uma goleada na Série A do Campeonato Brasileiro. O técnico interino, Lucas Zanella, lamentou o resultado, em entrevista pós-jogo: "Tentamos ter o poder de reação que tivemos contra o Corinthians, mas não conseguimos transformar as chances em gol e nem equilibrar as ações defensivas e ofensivas. É uma situação que nos preocupa".

O treinador analisou que o time teve dois tempos distintos e apontou a falta de poder de reação após sofrer o primeiro gol. Sobre as escolhas para começar a jogo, Lucas justificou a entrada de Felipe Pires a partir do desempenho nos treinamentos, mas salientou que Ruan, que desta vez não entrou na partida, terá novas oportunidades.

A tônica da coletiva do interino foi parecida com a do vice de futebol, Osvaldo Pioner. O dirigente demonstrou preocupação de que novas goleadas possam acontecer: "Temo que possam haver novas goleadas se jogarmos como jogamos hoje. Mas estamos fazer o possível para não passar vexame. Realmente nos preocupa muito e estamos fazendo tudo o que é possível com o grupo que se tem", destacou.

Sobrea transição do departamento de futebol, Pioner confirmou que ela já está acontecendo e que haverá reunião do Conselho Deliberativo, na semana que vem. O dirigente confirmou que Lucas Zanella será o treinador contra o Atlético-GO, mas que se está procurando um novo treinador e executivo de futebol, já visando a próxima temporada.

foto: Esporte Clube Juventude / reprodução YouTube



19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo