Mais de 1500 pessoas vão atuar na segurança das Surdolimpíadas


Foto: reprodução
77 países confirmaram presença nas Surdolimpíadas, que ocorrem de 1º a 15 de maio em Caxias do Sul. Com isso, o CEO do Comitê Richard Ewald fala da importância da união das forças de segurança durante o evento.

"De fato, nós temos uma força-tarefa de estafe de aproximadamente 1500 pessoas envolvidas e assim, além do dos atletas, temos isso e temos o público que vem. Muitos estrangeiros e pessoas de outras partes do Brasil também vão prestigiar o evento. Então, um evento de esporte surdo é uma coisa única. É a primeira vez na América Latina, então estamos atraindo muitas pessoas. Precisaremos tomar conta da segurança pública dos locais públicos na cidade, como um todo, ou nas cidades todas da Serra Gaúcha. Então, é muito importante as atribuições de cada força de segurança dentro das suas competências e a coordenação entre elas. Importante que todos estejam sabendo do evento, tenham as mesmas orientações para que cada um, dentro das suas competências, possa contribuir da melhor forma e assim criarmos realmente um ambiente seguro. Essa é a nossa premissa e nós precisamos nos precaver de estratégias de segurança em todos os sentidos.

Diversas entidades estão envolvidas na segurança durante as Surdolimpíadas, como Brigada Militar, Comando Ostensivo da Serra, Guarda Municipal, Polícia Federal, entre outros.





8 visualizações0 comentário