"O nosso jogo tem que ser o mesmo", diz Thiago Carvalho, treinador do Caxias

É véspera de decisão no estádio Centenário. Neste sábado, o Caxias dá o pontapé inicial na fase que pode o colocar na Série C de 2023. Para isso, é importante começar com um bom resultado contra o América-RN, em casa, neste sábado, às 15h.

"O nosso jogo tem que ser o mesmo. É algo em que eu acredito bastante, da gente poder por qualidade, ser superior ao adversário. Então, em algumas situação a gente (tem que) jogar mais, ficar com a posse (de bola), que é algo que eu sempre falo. Não deixar o adversário jogar, incomodar o máximo possível. Óbvio que tem alguns detalhes da parte do adversário que a gente vai tentar aproveitar de uma forma diferente a cada jogo", disse o treinador Thiago Carvalho, em entrevista coletiva nesta sexta-feira (19).

Uma das principais diferenças dos jogos de mata-mata para os classificatórios é o nível de tensão envolvido. Nestes momentos, como ressaltou o comandante, a bola parada acaba sendo muito decisiva. Nas partidas contra o Real Noroeste, por exemplo, os dois gols que aconteceram foram a partir de cobranças de falta.

"Estes jogos são mais tensos e, às vezes, fogem um pouquinho da parte tática, do que a gente acredita que vai acontecer. Aí vai muito de vontade, de concentração dos atletas. A bola parada entra nisso. Uma falta decide, como já decidiu para a gente. Os gols que a gente levou não se pode levar, então tudo isso está sendo muito treinado porque eu acho que faz diferença. Até porque, principalmente na parte ofensiva, temos jogadores que tem uma qualidade muito grande, um time que cabeceia muito bem também. A gente já fez vários gols de bola parada", afirmou.

O professor também confirmou que Maicon Assis, que saiu lesionado na última partida, fica à disposição para o duelo. No entanto, Thiago fez mistério sobre como será formado o seu ataque. Bustamante, Matheuzinho, Diogo Sodré e o próprio Maicon são opções, assim como Batista e Giovane Gomez brigam pela camisa 9.

Foto: Vitor Soccol/S.E.R. Caxias

15 visualizações0 comentário