Reunião mobiliza rede hoteleira para a 24ª Surdolimpíadas

Na tarde da quarta-feira (02/02) aconteceu uma importante reunião entre o Comitê Organizador da 24ª Surdolimpíadas e representantes de toda a rede hoteleira da Serra Gaúcha. O evento serviu para alinhar com os responsáveis pelos hotéis medidas essenciais para receber representantes de quase 100 países que vão desembarcar na região para disputar a maior competição poliesportiva da história do RS.


Jussânia Dinani

A reunião começou com Jussânia Dinani, que é a responsável pela central de vagas das Surdolimpíadas, e ela passou informações gerais de como os hotéis devem proceder, protocolos sanitários, cuidados com alimentação de atletas, a parte de comunicação, tanto visual quanto com textos em inglês. Jussania é a responsável por definir os alojamentos para cada delegação, um trabalho muito importante.


Josiane Camazzola é a responsável pelos cuidados com a alimentação, e passou diversas regras para os representantes dos hotéis. Chamou a atenção para peculiaridades de alimentação de acordo com a cultura de cada delegação, e também do fato de que atletas dependem de uma dieta rica em proteína, carboidratos e vitaminas. Também pediu mais flexibilidade nos horários de alimentação na época que as competições estiverem ocorrendo.


Esteve presente também o Prefeito Municipal de Farroupilha, Fabiano Feltrin, que falou aos presentes na condição de presidente da Amesne (Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste). “É muito importante essa oportunidade que vamos ter de melhorar nossa qualidade em toda a rede hoteleira, de subir de nível. A Surdolimpíada está nos dando essa condição. Vamos fazer o simples, a nossa essência, que é também nossa excelencia, aquilo que fazemos tão bem e que todos que nos visitam gostam”, conclamou Feltrin. Finalizou dizendo que está disponível 24 horas para as questões da competição e disse que todos os municipios que fazem parte da Amesne estão comunicados dos procedimentos que devem ser seguidos para acolher bem os visitantes.


Fabiano Feltrin

Em seguida, o CEO do Comitê Organizador, Richard Ewald, lembrou do grande desafio que se tem pela frente. “Que todos possamos oferecer o melhor da nossa região para quem vier participar da 24ª Surdolimpíadas. Temos uma cultura de trabalho e vamos mostrar isso pro mundo inteiro. Estamos preparados e sabemos que esse é o maior evento poliesportivo que o Rio Grande do Sul já recebeu”, declarou.


Cristiane Cassara e Gustavo Perazzolo

Pra finalizar, o Presidente do Comitê Internacional de Esportes para Surdos (ICSD), Gustavo Perazzolo, expressou sua motivação de ver as Surdolimpíadas serem realizadas na Serra Gaúcha. “Quero divulgar para o mundo inteiro como nossa terra aqui no sul também é uma parte incrível do Brasil, vamos tratar todas essas pessoas que vão vir como família. É mais do que esporte, é mais do que qualquer coisa, é sobre sermos humanos”, finalizou Perazzolo.


Fotos: Geremias Orlandi

21 visualizações0 comentário