Seleção feminina de vôlei do Brasil sofre derrota para a Ucrânia



Quatro atletas titulares não foram liberadas para a Surdolimpíadas. E isso tem impactado o desempenho da seleção brasileira feminina de vôlei. Contra a Ucrânia, uma das favoritas ao ouro, a derrota foi por 3 sets a zero. É um período de adaptação, quando o incentivo vindo das torcidas pode somar às atletas em quadra.


Nas arquibancadas, além dos gestos de apoio, o tradicional chimarrão, bebida típica do sul do Brasil, ajudou a espantar o frio. Além do incentivo da torcida local, que funciona como um sétimo jogador, em quadra, a seleção conta com uma força extra. Natalia, destaque em outras edições, neste ano, veste a camisa do Brasil com Rebecca na barriga.


Grávida de 7 meses, a camisa 3 entrou em quadra para ajudar a equipe. Vale lembrar que as brasileiras venceram as mexicanas na primeira partida, por 3 sets a 2.


Confira na reportagem de Angélica Varaschini:


12 visualizações0 comentário