Serviço de lavanderia da Surdolimpíadas chega a higienizar 450kg de roupas por dia



Lavar, secar, dobrar e entregar o uniforme completo de uma equipe em uma hora e dez, uma hora e vinte minutos. Este serviço de muita necessidade para os atletas, está disponível em um estande na praça Surdolímpica. Em um único dia, chegaram a ser lavados e secados cerca de 650 quilos de roupas. A média ficou em 450 quilos por dia. Ivanor Siconetto é o diretor da empresa Aggile, responsável pelo estande. A sede fica em Caxias do Sul mas a atuação é em nível nacional.


"Fomos convidados pelo comitê organizador pra fazer parte e integrar esse trabalho. Eu acho que veio de bom grado pra todos os atletas que passaram por aqui, comissões técnicas que trabalharam por aqui também. A experiência foi muito bacana, porque deu pra perceber que havia a necessidade de ter um serviço na área de lavanderia. Muitos atletas tinham uniformes limitados, precisavam processar uniforme num tempo muito curto e os nossos equipamentos proporcionam isso", explica Siconetto.


É importante destacar que a Aggile não é uma lavanderia. É uma empresa especializada em montagem de lavanderias comerciais e industriais, fabricação e importação de equipamentos pra atender esse público. E para atender os atletas na praça Surdolímpica foi montada também uma estrutura especial para a comunicação.


A Aggile veio para a Surdolimpíadas com o propósito de fazer o trabalho de inclusão social que faz parte do dia a dia de muitos empresários. O trabalho no estande foi considerado uma experiência única, tanto para quem estava atendendo e também para os atletas que precisaram do serviço. Inclusão e bons negócios reunidos em um mesmo espaço.


Confira na reportagem de Márcio Schenatto:



2 visualizações0 comentário