Técnico Tiago Carvalho admite preservar jogadores perdurados contra o Azuriz

Com cinco jogadores pendurados com o terceiro cartão amarelo, em entrevista coletiva nesta sexta-feira (15), o técnico do Caxias, Tiago Carvalho, admitiu preservar atletas na partida deste sábado, 15h, contra o Azuriz, pela última rodada da fase classificatória da Série D do Campeonato Brasileiro. O treinador também deu indicativos de que Renan Oliveira deva começar entre os onze iniciais, na vaga de Diogo Sodré, e Maicon Assis possa estrear com a camisa grená. Por outro lado, Bustamente deve ficar como opção no banco de reservas.

A partida contra o Azuriz vale a liderança do grupo, ambas as equipes têm 24 pontos, junto com o Aimoré. Sobre o adversário, Tiago pregou paciência para suportar a marcação e proposta de jogo dos paranaenses: "A gente precisar estar bem ligados para que esse contra-ataque não exista e que tenhamos a paciência necessária para ter o volume de jogo e fazer com qualidades as ações para vencer o jogo.

O adversário do Caxias na próxima fase, que será conhecido apenas no domingo, segue não sendo uma preocupação entre comissão técnica e jogadores, ao menos publicamente. Ainda assim, Tiago Carvalho destacou a necessidade de ser líder ou vice líder para trazer a segunda partida para o Estádio Centenário.

"[...] o mata é difícil independe de quem for vir. A gente quer ficar em primeiro, mas isso relativo, a gente não tem ideia de como vão ficar as chaves, acontece muito do primeiro colocado pegar o quarto (colocado) e sair. É obvio que a gente quer a primeira ou a segunda colocação, o mata é muito difícil então precisamos confirmar essa classificação na liderança para a gente pode ter essas vantagens na competição.

foto: Vitor Soccol / SER Caxias


24 visualizações0 comentário