Thiago Carvalho diz que Caxias precisará de paciência para achar espaços

O jogo contra Oeste, neste domingo (24), que terminou em empate, apresentou dificuldades para o Caxias. O adversário optou por jogar com linhas baixas, explorou contra-ataques e ficou próximo da vitória, não fosse o pênalti aos 42 minutos do segundo tempo - convertido por Hector Bustamante.

"Sabíamos do contra-ataque, que eu já tinha falado do time deles. A gente tem que ter paciência quando enfrenta um time muito fechado, que tem esse poder de contra-ataque. Você tem que saber o momento certo de atacar, de ser agressivo", avaliou o treinador Thiago Carvalho, após o duelo.

O grená teve as ações da partida enquanto o confronto esteve 11 contra 11, antes da expulsão de Giovane Gomez. A equipe tinha a posse de bola na casa de 70% e conseguia finalizar mais que seu adversário, no entanto, faltou efetividade, na opinião do treinador.

"Quando você enfrenta um time fechado e tem as oportunidades, tem que chutar a gol. No primeiro tempo, acho que o nosso time chegou bastante nos cruzamentos, faltou entrar na área. Estávamos entrando com dois jogadores só, isso foi uma das minhas cobranças", disse.

Foto: Vitor Soccol/S.E.R. Caxias

19 visualizações0 comentário