top of page
  • XPlay TV

Uma grande oportunidade para falarmos sobre inovação e futuro com o 5G NTN: Non-Terrestrial Networks

José Felipe Ruppenthal



A ideia desse post não é discutir a eficiência da iniciativa descrita na matéria, vamos falar de oportunidades para vencermos esse tipo desafio. O território onde fica a reserva Yanomami é um local extremamente remoto e longe de qualquer cobertura de uma torre de celular ou de uma rede de fibra. Mas, por que essa região não tem esse tipo de infraestrutura? Os motivos são diversos, mas vamos focar nos três principais: 1) A falta de obrigatoriedade de atendimento por parte das operadoras: a Anatel confirmou que “a região fica em local isolado sem atendimento das prestadoras móveis, que têm obrigações de atendimento nas sedes municipais, localidades e aglomerados urbanos.” 2) Construir rede é financeiramente inviável: o investimento necessário não tem retorno direto. 3) Impacto Ambiental: construir redes tradicionais nessa região gera um impacto ambiental incalculável. E como podemos atender áreas remotas que exigem mobilidade onde não podemos construir redes tradicionais? Usando o 5G NTN. A tecnologia 5G NTN (Non-Terrestrial Network) usa a cobertura de satélite baixa órbita terrestre (LEO) para fornecer conectividade para a rede móvel no seu smartphone. Com o 5G NTN será possível ter cobertura móvel global preenchendo diversas lacunas existentes como a falta de sinal da rede móvel tradicional em montanhas, desertos, oceanos, florestas, áreas de desastres, etc. O 5G NTN faz parte das TOP 10 tendências para o setor de telecom em 2023, você pode ler na íntegra o artigo aqui https://lnkd.in/dGgshX7H

E a primeira operação comercial da tecnologia deve acontecer ainda em 2023 conforme comentei nesse post https://lnkd.in/dJg35-4B Essa é uma das formas de levar conectividade com mobilidade para lugares extremamente remotos ou de desastres, de forma rápida e segura sem gerar impacto ambiental. https://lnkd.in/dE98Peev #5g #4g #telecom #tecnologia #futuro #5gntn

1 visualização0 comentário

Comments


bottom of page