Zagueiro do Juventude fala em "se adequar o mais rápido possível" ao modelo do novo treinador

O zagueiro Rafael Forster concedeu entrevista coletiva, na manhã desta quarta-feira (09), e projetou a partida contra o Brasil de Pelotas, sábado, 16h30, no Estádio Bento Freitas, pela última rodada da fase classificatória do Gauchão. O Juventude precisa vencer a partida para escapar do rebaixamento sem depender de resultados paralelos.

Na casamata, o novo técnico alviverde, Eduardo Baptista, será a novidade. Sobre isso, Forster salientou que mesmo com pouco tempo de treinamento, foi possível assimilar as primeiras ideias do comandante. "Temos a mente aberta para receber os conhecimentos nessa nova etapa e se adequar ao que ele quer o mais rápido possível, porque logo em seguida a gente tem mais um jogo".

Sobre o clima costumas das partidas em Pelotas, o zagueiro disse esperar um ambiente de muita pressão e frisou que isso faz parte das características do Campeonato Gaúcho: "eles precisam da vitória, não vão se acomodar com o empate e vão vir pra cima". Como caminho para um resultado positivo, Forster salientou sobre a necessidade de um jogo sólido, reduzindo as chances do adversários e assim que tiver a oportunidade de fazer o gol.

foto: reprodução / youtube


19 visualizações0 comentário